Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley

Essa história é fantástica. E sabe por que me fascina? Porque é a nossa própria história.

O inglês Aldous Huxley publicou Admirável mundo novo pela primeira vez em 1932.

Imagine um mundo onde as pessoas são produzidas biologicamente, avessas ao conceito de pai, mãe ou família. Condicionadas psicologicamente a viverem as leis e as regras de uma sociedade de castas. O Grande barato é que personagens como Henry Ford e Sigmund Freud são venerados, como se faz com Deus: Oh, Senhor – As pessoas dizem: Oh, Ford. Ou ainda: Oh, Freud. – isso por eles terem criado processos de linha de montagem, no caso de Ford, e princípios de organização do psíquico, como tanto estudou Freud.

Meu, minha vontade é contar o livro todo, mas não posso!

Faz o seguinte, compra um exemplar, empresta de alguém, mas leia. É muito bom.

Se tiver uma palhinha italiana pra ir beliscando junto com a leitura, melhor ainda!

Fernando Fortuna

Publicitário, escritor, cineasta, músico. Pois bem, amante das artes e dos movimentos filosóficos da alma. Noite Literal é o meu quintal celestial. É neste espaço que pretendo trocar energias com você.

Leia também

COMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *