Categoria: Poemas

UM SÓ

Lady Godiva de John Collier, ca 1897

Seres Celestiais,
Seres Astrais,
Da Luz, do Abismo,
Venham de onde vier…

Continue lendo…

O LOBO

Porque o homem que me devora
É o Lobo que me tem agora,
Me assombra e depois consola,
Me mata e me ressuscita.

Continue lendo…

DIAS DE VINHO E VINIL

Não era o luar mais sombrio,
Que acorda os fantasmas,
Desses que assustam a dama de branco.

Eram noites, cinzas de dias multicores,
Eram risos de dores…
Era uma dor febril…
Continue lendo…

UM VULTO

Um vulto

Eu peço um minuto ao tempo,
Ainda que seja um lamento,
Desejo fazê-lo em poema,
Pra que não se perca no vento…

Continue lendo…