TIAZINHA MINEIRINHA

Bonito mesmo, simples mesmo, modesto, e elegante, é a mulher caipira, a senhorinha mineira, guardadinha debaixo do céu, que olha para o alto, tira o chapéu, e resmunga com a lua cheia, amarela, penduradinha no céu: – “Êta pãozim de queijo bunitu”.

Fernando Fortuna

Publicitário, escritor, cineasta, músico. Pois bem, amante das artes e dos movimentos filosóficos da alma. Noite Literal é o meu quintal celestial. É neste espaço que pretendo trocar energias com você.

Leia também

COMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *