VAMOS FECHAR OS LIVROS E DEITAR NO COLO

Vamos gritar, absurdamente, em nome de todas as nossas necessidades.
Vamos clamar pela liberdade de todas as neuroses, psicoses, e descontrole.
Vamos fazer valer a luta pela atenção, nível hard.
Espernear, fazer birra, fazer drama.
E, enquanto não formos atendidos, vamos ficar na cama.
E vamos fechar os livros, e vamos sim deitar no colo.

Assinado: Brida.

Fernando Fortuna

Publicitário, escritor, cineasta, músico. Pois bem, amante das artes e dos movimentos filosóficos da alma. Noite Literal é o meu quintal celestial. É neste espaço que pretendo trocar energias com você.

Leia também

COMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *