PERFÍL

Eu nasci do Ventre
D’uma Cabra Preta,
Em noite de Lua Cheia…
E me batizaram Capeta.

Cordeiro de Deus,
Uma Luta, uma Guerra,
Uma Terra!
E, debaixo da Terra, um Reinado.

Debaixo da Alma a Maldade,
A Santa Santidade,
O Trio, o Trilho, a Trindade.
O Terço, a Reza, a Risada.

No meio do Ninho a Ninhada,
No Meio do Céu a Pontada.
Apeia da alma Santa
E senta no Meio Fio…

Assim me verás no espelho.
Eu Sou Você, em Você, bem no Meio.
Um Trovão, Um Corisco.
O Embosteio…

 

Americana SP 19/05/2016

Fernando Fortuna

Publicitário, escritor, cineasta, músico. Pois bem, amante das artes e dos movimentos filosóficos da alma. Noite Literal é o meu quintal celestial. É neste espaço que pretendo trocar energias com você.

Leia também

COMENTE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *